Publicidade

terça-feira, 31 de março de 2015

Incêndio movimenta equipe dos Bombeiros em SJP


Um grande incêndio foi contido hoje pelas equipes do Corpo de Bombeiros.

O incêndio começou muito rápido e as fumaças escuras tomaram conta do céu no Bairro São Marcos, próximo ao Posto de Combustível.

Informações preliminares: a fumaça foi vista á uma distancia de 10km do local, e o incêndio foi em uma empresa de plástico aonde pessoas foram queimar alguns objetos rejeitados e na situação, o fogo se alastrou rapidamente saindo do controle das pessoas que ali estavam, graças a Deus que não teve vitimas.

Fonte: Giro 190

Motorista é seqüestrado tem caminhão e carga roubada e logo após é localizado e tem seu bem recuperado pela GM.


Na madrugada dessa terça-feira um motorista de caminhão passou momentos de tensão na mão de marginais armados o qual roubaram seu caminhão e o mantiveram como refém, o roubo mediante ao sequestro aconteceu na Rod BR 116 no km 70 perto do Posto Tio Doca e foi feito por quatro ladrões armados.

SEQUESTRO


Segundo a vítima os marginais levaram o caminhão até a região rural de São José dos Pinhais momento esse onde em uma parada o sequestrado conseguiu fugir e pedir ajuda para moradores da região o qual rapidamente acionaram a Guarda Municipal que rapidamente chegou ao local e de posse das informações iniciou o patrulhamento a fim de localizar o caminhão e a carga o qual foram recuperados em uma estrada nas proximidades, a GM conseguiu recuperar quase toda a carga de brinquedos e o caminhão intacto.

Parabéns a equipe pelo rápido atendimento e pelo bom trabalho realizado nessa madrugada.

Em caso de EMERGÊNCIA ligue 153 ou 3381-6344, nesse momento equipes de GM patrulham o seu bairro.

Siga a Guarda Municipal no twitter através do @gm_sjp

Fonte: GM SJP

segunda-feira, 30 de março de 2015

Sylvio Monteiro, presidente da Casa Legislativa, realiza encontro no bairro Libanópolis junto aos demais vereadores


No último sábado (28), o presidente da Câmara Municipal, vereador Sylvio Monteiro, reuniu-se com moradores do Jardim Libanópolis, bairro que fica nas proximidades da Borda do Campo, para tratar de assuntos de interesse da comunidade.

A reunião também contou com a presença da vereadora Lucia Stoco, que é uma das representantes da Borda do Campo, e do vereador Tadeu Camargo. Os residentes da região, que somaram em torno de 50 pessoas, fizeram questionamentos aos vereadores e ocorreu uma espécie de “bate-papo”, onde dúvidas foram tiradas e esclarecidas.


Entre os vários assuntos pautados, o principal deles foi uma breve discussão sobre a importância de se alcançar a marca de 200 mil eleitores no município de São José dos Pinhais. Muitos dos que vivem no município possuem títulos de outra cidade da Região Metropolitana de Curitiba. Se os títulos de fora forem transferidos para cá, os moradores poderão fazer reivindicações e o município terá uma quantidade maior de eleitores, o que aumentará a importância da cidade a nível estadual e federal.



Atualmente, o Jardim Libanópolis não possui nenhuma escola, as crianças precisam se deslocar até regiões mais afastadas para terem acesso a educação. A região também não dispõe de serviços médicos e por esse motivo os moradores têm que ir se consultar em outros bairros. “Juntos iremos conseguir mudar esse quadro. O Jardim Libanópolis precisa de escola e saúde adequada. Vamos entrar em contato com o Executivo e cobrar para que tais melhorias sejam trazidas para o local”, diz o presidente Sylvio Monteiro.

Fonte: CMSJP

Sylvio Monteiro faz visita ao vice-presidente do TRE


Na manhã dessa segunda-feira (30), Sylvio Monteiro, presidente da Casa Legislativa, fez visita ao vice-presidente e corregedor do TRE/PR, desembargador Luiz Fernando Tomasi Keppen, para tratar de assuntos relacionados a campanha de 200 mil eleitores em São José dos Pinhais.

“Disponibilizo-me a ajudar no que for necessário para que essa campanha se concretize. A iniciativa é realmente muito interessante!”, afirma Keppen.

Fonte: CMSJP

Homem é preso após ser flagrado com 13 pássaros em cativeiro e várias armas

Um homem de 44 anos foi preso no final da tarde desta segunda-feira (30) após ser flagrado com vários pássaros silvestres mantidos em cativeiro no bairro Contenda, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Além das aves, ele estava com outras sete armas prontas que, segundo a Polícia Militar, eram usadas para caça.


De acordo com policiais militares do serviço reservado, foram várias denúncias de barulho de arma de fogo no local. “Ele dizia que era para segurança, mas esse número tão grande de munições diz o contrário. Localizamos os pássaros e ele agora terá que responder por crime ambiental e a posse ilegal”, comentou.

Com o preso foram apreendidas uma espingarda calibre 22, mais de 100 munições deste calibre; duas espingardas de pressão; 13 pássaros; uma carabina 22; três armas de pressão para montagem; três armas de pressão prontas.

O preso foi encaminhado para a Delegacia de São José dos Pinhais.

Fonte: Banda B

sexta-feira, 27 de março de 2015

Presidente da Câmara, vereador Sylvio Monteiro solicita criação do fundo municipal do transporte coletivo


O presidente da Câmara, vereador Sylvio Monteiro, apresentou indicação, durante a sessão ordinária desta quinta-feira (26), para que seja destinada a quantia de 50 mil reais para a criação do fundo municipal do transporte coletivo. O objetivo é reduzir a tarifa utilizando os recursos financeiros economizados pelo Legislativo em 2014. 

"Queremos aproveitar essa verba para melhorar as condições sociais e logísticas dos cidadãos são-joseenses, além de melhorar o fluxo de pessoas em toda a extensão da cidade", justificou.

Fonte: Câmara Municipal de São José dos Pinhais

Após muitos anos, ônibus de doação de sangue deixa de vir a SJP

Por enquanto, não há previsão de retomada do serviço

Há muito tempo, a unidade móvel do Hemepar, órgão de coleta de sangue do governo do Estado vem a São José dos Pinhais uma vez por mês. Segundo o Hemepar, devido a falta de servidores, incluindo vários enfermeiros, esta tradição não tem data para ser retomada. Marcado para estacionar ao lado do Hospital São José dos Pinhais na última quarta de cada mês, ontem (25), quem teve o interesse de doar no ônibus perdeu a viagem. O atendimento também foi cancelado nas outras cidades metropolitanas e na coleta semanal de Curitiba no Hospital do Trabalhador. 

Ainda de acordo com o Hemepar, as doações de são-joseenses devem ser feitas de segunda a sábado na sede da Capital, no bairro Alto da XV, na Travessa João Prosdócimo, 145. Quando o ônibus deixou de estacionar no centro da cidade em 2011 o voluntariado caiu mais de 50%. Por meio de mobilizações na internet de colaboradores com a causa, incluindo participação de entidades como a Subseção São José dos Pinhais da OAB Paraná, o número mínimo de 70 doações voltou a ser alcançado. Teve dia em que mais de 130 pessoas foram doar. 

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná é uma unidade da Secretaria de Estado de Saúde. É responsável pela coleta, armazenamento, processamento, transfusão e distribuição de sangue para 384 hospitais públicos, privados e filantrópicos que atuam em todas as regiões do Paraná. Informações (41) 3281-4000 / 3281-4065 / 3281-4051 / 3281-4032 ou 08006454555. Atendimento 2ª a 6ª feira - 7h30 às 18h30 e sábados - 8h às 18h.

Fonte: PautaSJP

Polaco do campo

“Aqui todos contribuem um pouco e conseguimos no manter bem‘, diz o colono. 

A cidade de São José dos Pinhais carrega fama de ser palco da tradicional festa da colheita e de ser a maior produtora de hortigranjeiros da Região Metropolitana de Curitiba. Essa tradição, que teve começo com os “polacos” poloneses, ainda resiste entre os moradores da Colônia Murici. Lá, eles mantêm uma rotina repleta da simplicidade do homem do campo.

Porém, a colônia também carrega sinais de transformações, numa mistura do passado com o presente, onde as grandes extensões de plantação dividem espaço com as recentes chácaras dos novos moradores. Acostumado a acordar cedo para vencer o trabalho pesado da roça, João Lipinski Neto, 52 anos, conta com a preciosa ajuda de sua família. “Aqui todos contribuem um pouco e conseguimos nos manter bem”, diz o colono.
João: “Temos um pouco de tudo nascendo nessas terras. Tem todos os tipos de alface, rúcula, salsinha e cebolinha”. 

A família Lipinski já está em sua quarta geração vivendo com o sustento dos variados produtos hortigranjeiros que plantam. “Temos um pouco de tudo nascendo nessas terras. Tem todos os tipos de alface, rúcula, salsinha e cebolinha”, explica João. Mas também existem imprevistos e riscos que podem pôr todo o trabalho duro a perder. “O tempo que está fazendo ultimamente é complicado. Muito frio pode acabar com a colheita, e muita chuva faz a água arrancar as mudas do chão”, observa.

Outra dificuldade enfrentada pelas tradicionais famílias é que muitos filhos dos colonos estão preferindo a cidade ao campo. Com a filha mais velha dedicada apenas ao seu trabalho em um escritório de contabilidade, João ainda conta com a ajuda de uma filha mais nova e seu único filho. “Agora eles ainda me ajudam. Já tive de contratar um rapaz pra me dar uma mão, mas como meu filho já está no último ano da faculdade, precisarei de mais ajuda com a roça”, conta.

Família não está mais dando conta sozinha do trabalho.

De acordo com o colono, o número de chácaras tem crescido muito nos últimos anos. “Conforme os filhos vão abandonando a vida no campo, os terrenos vão sendo divididos e vendidos pra quem gosta mais daqui para o lazer”, contextualiza.


Fonte: Paraná Online

segunda-feira, 23 de março de 2015

Tribuna agita com festa de aniversário de São José dos Pinhais

Neste sábado último, o município de São José dos Pinhais completou 325 anos. A Tribuna, em parceria com a Rádio 98 FM, esteve presente nas festividades para homenagear a cidade e a população do município, que ocorreram durante toda tarde em frente ao Ginásio Max Rosenmann. A entrada foi gratuita e mais de cinco mil pessoas já haviam comparecido no evento até o final da tarde.

O dia foi repleto de atividades para todas as idades. A moradora no bairro Afonso Pena, a são joseense Jaqueline da Silva, aproveitou a tarde de sol e levou os filhos para participar das atividades promovidas pela Secretária do Esporte e Lazer do município. “As crianças adoram, e a gente aproveita também porque, além das brincadeiras, há a feira gastronômica. Podia ter mais eventos como esse”, diz Jaqueline.

Além de moradores, teve gente até de Curitiba levando a família à celebração. “Tenho que trabalhar daqui a pouco, mas já deu para se divertir bastante”, conta Everton Luiz, que mora no Uberaba. Além das brincadeiras, a feira de exposição de carros antigos e temáticos atrai muitos olhares. “A maioria das pessoas gosta bastante de carros e aqui compartilhamos um pouco essa paixão junto aos amigos”, diz o presidente da Associação de Carros Brasileiros (ACB), Cleverson Costa.

Além da feira e da programação para as crianças, a comemoração contou com shows de bandas locais, a apresentação do grupo de humoristas Tesão Piá e um concurso de beleza. A Tribuna 98 nos Bairros esteve presente na organização do evento, distribuindo exemplares da Tribuna regional. “Contamos sempre com parcerias positivas para nos aproximar cada vez mais do público, da população”, conta o diretor de marketing da 98, Murilo Bonucci.

Fonte: Paraná Online

Polícia apreende 1kg de droga em São José dos Pinhais

Por meio de denúncia anônima, a Polícia Militar (PM) abordou um Pálio Weekend próximo a praça do Pedágio, em São José dos Pinhais, na noite de domingo (22). Ao todo, foram apreendidos durante a vistoria do veículo mais de um kilo de droga: 850 gramas de maconha, 100 gramas de craque e 100 gramas de cocaína.

Segundo a Polícia Militar, estavam no carro um homem de 33 anos, uma mulher de 30 anos e uma adolescente de 17 anos. O casal foi encaminhado para a 1ª Delegacia Regional de São José dos Pinhais e a menor para a Delegacia Especializada de Atendimento ao Adolescente Infrator, a DEA.

Fonte: Gazeta do Povo

Curitibanos fazem 40km Eco Guaricana–Castelhanos, área rural SJP

Anselmo Claudino no pedal de sábado (21) com seus novos clientes ciclistas

O verão 2014/2015 terminou mas para a comunidade do Castelhanos, na área rural de São José dos Pinhais que fica na Serra do Mar divisa com Guaratuba, a estação marcou o início de propagação entre as atividades esportivas de aventureiros que descobriram a localidade. A paisagem de Mata Atlântica e o plantio de bananas agora também é formada por pessoas praticando caminhada, corrida cross country e outros esportes considerados ecológicos. No último sábado (21), um grupo formado principalmente por ciclistas de Curitiba fez o trajeto de 40 km entre o campo base Eco Guaricana, bairro Contenda, e o Castelhanos.

Após tomarem café, e o aquecimento nas trilhas internas da Eco Guaricana, os bikers seguiram pela estrada que liga as chácaras e fazendas em meio à área de proteção ambiental. Depois de alguns trechos de subidas na Serra da Guaricana tem as descidas pela Serra do Castelhanos que é formada por uma vegetação extremamente verde, o que mostra a riqueza da fauna e flora entre São José dos Pinhais e o Litoral. Na chegada, um churrasco esperava os pedalistas.

O proprietário do bar e restaurante, Anselmo Claudino, conta que foi a terceira vez que um grupo pedalou até seu estabelecimento. “Hoje, eu coloco um pouco mais de carne no freezer porque os grupos menores geralmente não avisam e daí consigo atendê-los”, diz Anselmo, que de segunda a sexta trabalha com as bananas e fim de semana está com a família na cozinha. “Todo mundo ajuda. É como na Agricultura, cada um faz um pouco”, complementa o comerciante cuja renda com a venda do fim de semana começa a se aproximar do lucro com o plantio.

Além de curitibanos, os catarinenses estão descobrindo o Castelhanos, incluindo compradores de chácaras. Representantes da Cooperativa dos Agricultores Familiares da Colônia Castelhanos (Coocastel) relatam que carros com placas de Joinville, São Francisco do Sul e Itajaí já não são raros.

“Os agentes de Turismo especializados em passeios de aventura e natureza cada vez mais procuram a região porque as famílias e os esportistas querem ar 100% puro. Notamos que foi em 2014 que o movimento do Eco Turismo cresceu, o que é muito bom para nós como uma atividade extra. Os moradores ficam até espantado principalmente com os grupos que passam correndo pelas subidas e descidas por quase 20 km de terra”, lembra Fábio Miguel, vice-presidente da Coocastel. 

MTB
Entre os participantes do passeio de mountain bike (mtb), estava o desenhista industrial André Bobko, um dos ciclistas da capital do grupo do bairro Santa Felicidade. “Nunca tinha andado pela área rural de São José dos Pinhais e nesta primeira vez já pedalando em um espaço tão bonito e que praticamente faz parte do Litoral”, elogia André Bobko.

O proprietário de uma loja de informática em São José dos Pinhais, Luciano Nomyama, conhece bem bairros rurais mais próximos como Murici e Malhada e também estreou no Castelhanos. “Tinham me falado muito daqui e surgiu a oportunidade e pretendo voltar”, projeta Luciano. 

O grupo foi capitaneado pelo representante comercial João Ricardo Rossi. “Quando estive de carro analisando o percurso há algumas semanas tinha certeza que o trajeto proporcionaria um ótimo pedal e com a recepção no almoço e a atenção dos moradores o passeio ficou ainda melhor”, avalia João Rossi.

Informações www.ecoguaricana.com.br outras imagens no Facebook Eco Guaricana.

Fonte: PautaSJP

quarta-feira, 18 de março de 2015

Quadrilha que vendia terrenos impossíveis de serem regularizados é presa na Grande Curitiba

Policiais civis da Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC), em investigação conjunta com o Ministério Público Estadual (MPE) de São José dos Pinhais, desencadearam, na manhã desta quarta-feira (18), a Operação Terra de Ninguém. Ao todo, seis pessoas foram presas em São José dos Pinhais, devido a golpes imobiliários que somam cerca de R$ 20 milhões.

Conforme o delegado-titular da DEDC, Wallace de Oliveira Brito, os golpistas induziram a erro centenas de compradores mediante promessas de entrega de imóveis de impossível regularização. “Eles loteavam de maneira irregular e clandestina imóveis rurais que não podem ser loteados”, contou Brito.

A quadrilha usava empresa do ramo hoteleiro, para os quais não é exigida licença ambiental, escondendo assim o loteamento dos terrenos. “Era dada grande publicidade à venda desses terrenos irregulares”, contou o delegado.

Foram presos Silvio Barboza de Melo, 46 anos, proprietário do grupo e responsável por todas as negociações; Ana Lúcia Melo, 45 anos, sócia e administradora das empresas; Djammes Kunrath, 42 anos, responsável pela cobrança e recebimento dos valores do terrenos vendidos; Marco Antônio de Paula, 52 anos, advogado do grupo; Alcione Maria Novelle de Paula Lima, 54 anos, chefe do setopr financeiro do grupo; e Roberto Manoel Corre Neto, 27 anos, engenheiro ambiental do grupo, responsável por pleitear licenças ambientais aos órgãos responsáveis. “Estão foragidos Edmar Anderson Lanes, investidor do grupo, e Leandro Mengardo Gomes, gerente dos corretores”, contou o delegado.

Assista ao vídeo no player abaixo:


Fonte: Banda B

Rompimento de adutora embaixo da BR-277 deixa moradores da RMC sem água

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) comunica que nesta terça-feira (17) ocorreu o rompimento da adutora de aço de 400 mm, que transporta água tratada. O acidente foi no ponto onde a rede passa por cima do Rio Iguaçu, embaixo da ponte, na BR-277, sentido São José dos Pinhais-Curitiba.

O caso foi relatado ontem pela Banda B (confira mais nas notícias relacionadas). Os serviços não afetam o tráfego de veículos. Equipes da Sanepar já estão no local. Em função da complexidade, o conserto pode levar até 24 horas. Neste momento, não é possível prever qual o horário da normalização do abastecimento.

Ponte para pedestres terá que ser reconstruída 

A falta de água poderá ser percebida pelos moradores dos bairros Jardim Ipê e Santa Fé, de São José dos Pinhais e de Guarituba Redondo, no município de Piraquara. Dependendo do período necessário para o conserto, outras áreas poderão ser afetadas.

A passarela que passa embaixo da BR-277 terá que ser reconstruída novamente, de acordo com a Ecovia, concessionária que administra o trecho.

Foto: Divulgação Sanepar
Fonte: Banda B

TV explode e incêndio destrói casa de madeira em São José dos Pinhais

O leitor do Portal da Banda B, Michael Santos, flagrou um incêndio em uma residência de madeira na manhã desta quarta-feira (18), na Rua Maria Pasqualim Vaccari, no bairro Santos Dumont II, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

De acordo com Michael, as chamas começaram devido à explosão de uma televisão. “O dono da casa estava na rua e me contou isso. É uma casa de madeira que foi completamente destruída. Os bombeiros demoraram um pouco para chegar no local e infelizmente o fogo tinha sido alastrado”,descreveu Michael à Banda B.

Assista abaixo o vídeo feito por Michael:


Fonte: Banda B

Jovem que tentou estuprar garota em São José dos Pinhais é preso

Um homem de 25 anos foi preso na tarde desta terça-feira (17) acusado de estupro, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Segundo o capitão Cleverson, do 17º Batalhão da Polícia Militar, a prisão aconteceu durante a operação “Gideão” que vem sendo realizada a dias na cidade.

A prisão do acusado aconteceu no bairro Afonso Pena no momento em que uma jovem caminhava na rua e acabou sendo abordada pelo rapaz. Ainda segundo o capitão Cleverson o estupro não chegou a ser consumado e novas vítimas podem surgir nos próximos dias. “Foi uma tentativa de estupro e outras pessoas disseram no local que terão coragem para ir denunciá-lo”, disse. O rapaz foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de São José. O nome do acusado não foi divulgado para não prejudicar as investigações.

Fonte: Banda B

Por que São José dos Pinhais é uma cidade mais velha que Curitiba?

Os ícones religiosos e turísticos dos municípios: Catedral de SJP e a de CTBA

Uma pequena diferença intriga as pessoas quanto a formação das cidades de São José dos Pinhais e Curitiba. Depois de amanhã, 19 de março, a comunidade são-joseense completa, com base no Dia do Padroeiro São José, 325 anos. Em 29 de março, a Capital chega aos seus 322 anos. A historiadora Maria Angélica Marochi explica, via o PautaSJP.com, sobre a fundação das duas localidades vizinhas separadas na linha do tempo por apenas três anos. 

“Existe no ar um certo orgulho dos moradores de São José dos Pinhais em comentar sobre esta diferença de data quanto ao início das cidades. A colonização ou a ocupação do espaço dos dois locais ocorreu mais ou menos ao mesmo tempo. Eram pessoas em busca de ouro que começaram a receber pedaços de terras (sesmarias), onde foram se estabelecendo. Porém, a nossa emancipação política veio bem mais tarde”, diz a escritora de vários livros sobre São José dos Pinhais. 

“No caso de São José dos Pinhais, em 1690, ocorreu a inauguração da Capela do Senhor Bom Jesus dos Perdões, pelo padre João da Veiga Coutinho, um religioso que era proprietário da Fazenda Água Bellas e Fazenda Capocu, duas extensas propriedades em terras são-joseenses. O dia e o mês em que isto ocorreu não ficou registrado em documentos ou, se ficou, este documento ainda não foi encontrado. A partir do momento dessa inauguração pode-se dizer que temos uma ocupação do espaço por parte dos colonizadores portugueses de uma forma oficial”, avalia Maria Angélica.

Na época, a Igreja Católica e o governo Português possuíam uma aliança e todo registro de batizado, casamento e óbito eram considerados oficiais pelo governo. “O representante da igreja, o padre Coutinho, era um funcionário do governo português e teria sido ele a primeira autoridade pública do local. É importante lembrar que em 1690 não houve a criação de uma vila, município e muito menos cidade. Do ano de 1721, até 8 de janeiro de 1853, éramos a Freguesia de São José, a qual pertencia ao município de Curitiba. Dia 8 de janeiro de 1853, houve a instalação do município de São José dos Pinhais e posse dos primeiros vereadores. Ainda não existia a cidade de São José dos Pinhais mas a “Villa de São José dos Pinhais”. Dia 27 de dezembro de 1897 a vila recebe a categoria de cidade (Lei nº 259 do Estado do Paraná)”, descreve a historiadora.

Em relação a Curitiba, a formação curitibana como comunidade e formação política da futura Capital aconteceu na mesma época. “No dia 29 de março de 1693 é instalada a “Villa de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais”. A partir desta data Curitiba passa a ter uma Câmara Municipal com vereadores eleitos pela comunidade”, conclui Maria Marochi. 

Fonte: PautaSJP

JBA Imóveis inaugura sede em São José dos Pinhais

A JBA Imóveis irá inaugurar na quinta-feira (19), às 19h30, a sua mais nova sede: em São José dos Pinhais. Cerca de 170 pessoas estarão presentes, dentre funcionários, colaboradores, construtores e parceiros da JBA. A nova loja tem como objetivo atender a crescente demanda de clientes que buscam imóveis na região metropolitana. Atualmente, a imobiliária conta com outras três lojas localizadas em Curitiba, nos bairros Jardim das Américas, Boa Vista e Boqueirão. 

Serviço: 

Data: 19/03/15 
Horário: 19h30 
Onde: JBA Imóveis – Rua Joaquim Nabuco, 122 – São José dos Pinhais. 

Fonte: Assessoria de imprensa da JBA Imóveis

Distribuidora de bebidas de fachada é invadida e polícia encontra R$ 1 milhão em cargas roubadas

Carga foi recuperada pela polícia em barracão 

Policiais civis da Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC) prenderam, na manhã da última segunda-feira (16), Leandro Antonio Klichovski, 29 anos, suspeito de integrar uma quadrilha que atua no desvio e receptação de cargas. No barracão localizado pela equipe da DEDC, na Vila Iná, em São José dos Pinhais, na Grande Curitiba, foram encontradas cargas no valor de R$ 1 milhão.


De acordo com a polícia, cargas de sardinha enlatada, cobre, trigo, equipamentos eletrônicos, entre outros estavam no barracão. “No local funcionava uma distribuidora de bebidas, possivelmente para camuflar as atividades delituosas. Estima-se que essas cargas apreendidas valham cerca de R$ 1 milhão”, explicou o delegado-titular da DEDC, Wallace de Oliveira Brito.

Klichovski foi autuado por associação criminosa e receptação qualificada. “Todas estas cargas são provavelmente provenientes de roubos, principalmente mediante uso de arma de fogo”, destacou Brito.

O delegado salientou que as investigações sobre este caso continuam, já que há fortes suspeitas de que a quadrilha a qual Klichovski pertencia tem ramificações no Estado de Santa Catarina e em outras cidades do Paraná.

Fonte: Banda B
Foto: Divulgação Polícia Civil

domingo, 15 de março de 2015

"Grande" protesto em SJP.

Manifestantes são-joseenses após encontro às 14h na Rua XV decidem por carreata até Curitiba. Baixa adesão do movimento "vem pra rua dia 15 de março" faz grupo engrossar protestos contra o Poder Público na Capital.





Fonte e Fotos: PautaSJP

Execução marca fim de tarde em São José dos Pinhais.


O crime aconteceu na Rua Boa Esperança na Vila Idalina em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba.

O homem identificado como Marcos Golon de 39 anos, foi executado com aproximadamente 10 disparos de arma de fogo.

Marcos, conhecido como "Kiko" é suspeito de envolvido com o crime organizado na região.

Fonte:Giro 190

sexta-feira, 13 de março de 2015

Rashtag_(#)_você_vem_pra_rua_dia_15?

Moradores de São José deixaram de ver jogo da Seleção para protestar

Começaram as celebrações aos 325 anos de São José dos Pinhais e a grande novidade é que a valorização da história do município no mês de março terá um capítulo diferenciado diretamente voltado à política. Como em 2013, estão marcados protestos pelo País contra os desmandos dos políticos nos cargos públicos. A manifestação de domingo (15), também convocada pelas redes sociais, reunirá os manifestantes em frente da Catedral da Rua XV, às 14h. Há dois anos, no dia 22 de junho, antes da Seleção Brasileira bater a Itália na Copa das Confederações por 4X2, mais de três mil são-joseenses mostraram a insatisfação popular contra as três instâncias governamentais, sendo Prefeitura, Governo do Estado e Governo Federal. 

Naquele dia, dezenas de policiais militares e membros da Guarda Municipal ocupavam prédios públicos como a Câmara de Vereadores, Prefeitura e o Fórum. O ponto de encontro foi a Caixa de Água da Praça Getúlio Vargas. Pontualmente às 14h, mais de mil pessoas, principalmente jovens, incluindo crianças acompanhadas dos pais, começaram a caminhar pela Rua XV e depois via a Rua Marcelino Nogueira. 

Outro grupo também de mais de mil pessoas saiu da XV mais tarde e foi de encontro ao grupo que estava na Marcelino Nogueira. Os dois grupos se uniram somente depois porque uma estratégia deu ao protesto de São José dos Pinhais um tom inusitado “Aeroporto, aeroporto”! Bradavam os líderes anônimos da passeata. 

No caminho até o Aeroporto Internacional Afonso Pena somente dois policiais acompanhavam a manifestação de moto, pois a grande maioria dos agentes de segurança estava na Prefeitura e Câmara Municipal. De forma pacifica, cerca de mil e quinhentas pessoas entraram no saguão de desembarque, sentaram e cantaram o Hino Nacional. Após o protesto retomar a Avenida Rocha Pombo, os grupos se juntaram o que gerou mais de três mil manifestantes. Naquele ano, São José dos Pinhais foi a única cidade do País que teve uma mobilização dentro de um aeroporto. 

Vandalismo
Quando a noite chegou, como em outras cidades, muitos que vestiam a bandeira do Brasil e portavam cartazes de protestos foram embora e os rostos pintados deram lugar a máscaras e lenços. Após trancarem o acesso dos dois lados da Avenida das Torres na altura da trincheira da Rui Barbosa, a passeata seguiu para a divisa com Curitiba e se posicionou embaixo do portal turístico. 

Com a via novamente trancada, desta vez, a Polícia Militar veio com a Tropa de Choque e dispersou o movimento com bombas de efeito moral. O protesto que começou pacífico infelizmente terminou em clima de guerra, com pedradas contra cassetetes. 

Fonte: PautaSJP

"Se Correr o Bicho pega, Se ficar o bicho Come" - Quadrilha de traficantes foi desmantelada.

Veja como ocorreu a mega operação da Policia Civil na tarde de ontem (12), aonde uma quadrilha de traficantes foi desmantelada no bairro Jurema.


Após denúncias realizadas à delegacia de Polícia Civil em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, as equipes de investigação começaram a realizar um grande trabalho de coleta de informações e campana nas proximidades do local, a fim de confirmar se realmente seria verídica a denúncia realizada, após constatarem que realmente ocorria um grande fluxo de pessoas em uma residência localizada na Rua Maria da Conceição de Bastos Zen, no bairro Jurema, a equipe bolou uma mega operação, realizaram um cerco à longa distância e aos poucos começaram a progredir em direção a residência, quando os marginais perceberam a ação dos policiais, até tentaram fugir, mas foi tarde de mais, uns correram para uma mata aos fundos do terreno e deram de cara com uns policiais, outros nem tentaram fugir, pois perceberam que tudo estava perdido e se entregaram para os outros policiais que chegaram pela frente.


Neste ponto de drogas, todos tinham uma função, uns vigiavam a aproximação das equipes policiais e ao mesmo tempo faziam a segurança da "boca", outros embalavam a droga, uns vendiam e outros recebiam o dinheiro. Ao avisar que as equipes da polícia se aproximavam, todos se espalhavam e uns ficavam responsáveis por pegar a droga e sair pelos fundos da casa em direção a mata para esconder tudo, e outros saiam para a rua fingir que nada estava acontecendo com o intuído de ficar observando uma possível ação da polícia, quando as equipes saiam do bairro o tráfico voltava a todo vapor.


Mas hoje foi diferente e graças ao profissionalismo dos policiais civis da 1°DRP, foi lografo êxito na abordagem de Paulo F. G; Fabiano E. J. A; Jonathan B. F; Gilberto A. S; Clayton da S. R; Leandro de L; com os indivíduos foi apreendido aproximadamente dois quilos e meio de drogas, sendo aproximadamente 150g de cocaína; 1,5kg de maconha; 700g entre crack e Oxi; 200 pedras de crack e, 120 buchas de cocaína já prontos para a venda e consumo, além de um revólver cal. 38 que estava na posse de um dos detidos.


Diante dos fatos foi dado voz de prisão aos indivíduos pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Parabéns aos valorosos policiais que trabalharam nesta bela operação.

Fonte: Giro 190

quinta-feira, 12 de março de 2015

Ocorreu na noite desta quinta-feira o lançamento da campanha de 200 mil eleitores no município


Com o objetivo de fazer com que o número de eleitores no município de São José dos Pinhais aumente e a cidade ganhe representatividade, ocorreu na Câmara Municipal na noite desta quinta-feira (12), através de iniciativa do presidente da Casa, Sylvio Monteiro, o lançamento da campanha que busca atingir a marca de 200 mil eleitores no município.

O evento contou com a presença dos legisladores da Câmara Municipal e também de representantes de outras entidades, dentre elas: ACIAP, OAB – SJP, Polícia Civil, igreja católica, Compas (igrejas evangélicas), Sindicato dos Taxistas, Sindicato dos Caminhoneiros e a Força Sindical. “Apoio essa brilhante iniciativa e acredito que São José dos Pinhais merece atingir de 200 mil eleitores. Temos a 2ª arrecadação do estado, precisamos alcançar essa meta e nos tornarmos uma cidade de prestígio”, diz presidente da ACIAP, Claudemir Gibrim.

Jaiderson Rivarola (vice-presidente da OAB-JP), Sylvio Monteiro e Claudemir Gibrim (Presidente da ACIAP).

Jaiderson Rivola, vice-presidente da OAB – SJP comenta que mora, trabalha e vive no município de São José dos Pinhais e acredita que pessoas que também vivem essa situação devem transferir seu título para a cidade. “Se vivo aqui acho que deve fazer parte desse processo político”, acrescenta Jaiderson.

De acordo com informações divulgadas pelo Tribunal Regional Eleitoral, atualmente o município conta com cerca de 190 mil títulos. O objetivo principal da campanha é atingir a marca de 200 mil eleitores para que, assim, seja possível disputa em primeiro e segundo turno nas próximas eleições. “Poderemos também com essa campanha, mostrar aos jovens que nem tudo na política é ruim e errado. Em meio a essa crise de valores devemos mostrar que há boas intenções e a política pode ser eficiente em diferenciados âmbitos”, afirma Sylvio Monteiro.


Presidente da Casa utilizou da palavra em tribuna para se manifestar.

Segundo estatísticas, há cinco cidades do Paraná disputando segundo turno. Se São José dos Pinhais atingir a marca pretendida, o município será a sexta cidade não considerada polo regional a atingir essa meta e a 80ª do Brasil. Com a realização do segundo turno haverá ampliação da participação do cidadão no processo eleitoral, de tal maneira ocorrendo uma aproximação maior entre o eleitor, que poderá fazer uma análise mais detalhada da propostas.

Fonte: Câmara Municipal de São José dos Pinhais

Carmelina Barbagallo Vion recebe Votos de Louvor e Reconhecimento

Lucia Stoco, autora da homenagem, fazendo a entrega do diploma.

Carmelina Barbagallo Vion, moradora de São José dos Pinhais, recebeu durante a sessão ordinária desta quinta-feira (10), diploma de Votos de Louvor e Reconhecimento. A autoria da homenagem é da 2ª secretária, vereadora Lucia Stoco.

O reconhecimento do legislativo se deu em razão da grande quantidade de benfeitorias e projetos sociais realizados por Carmelina. “Essa mulher é um exemplo de fibra e boa vontade. É um orgulho para o nosso município ter alguém que se preste a ajudar os outros como ela já fez e continua fazendo”, comenta Lucia Stoco.

Dona Carmelina, também conhecida por familiares e amigos como Lina, é considerada um ícone no que diz a respeito cidadania e por esse motivo está sendo gratificada com esse diploma de reconhecimento. Com o apoio da LBA (Legião Brasileira de Assistência) fundou o Grupo Rocinha – primeiro grupo da 3ª idade em São José dos Pinhais – trabalhou durante anos no hospital Atilio Talamini como voluntária, faz parte do Rotary há 20 anos e participa da Associação Rotariana.

Dona Carmelina acompanhada da 2ª secretária, seus amigos e familiares

O presidente da Casa, Sylvio Monteiro, afirma que as atitudes e exemplos dados por Carmelina são admiráveis . “Pessoas com iniciativas como as da Dona Lina fazem a diferença. Ações como as que ela já praticou são louváveis e dignas de votos”, finaliza Sylvio.

Atualmente, após muito ter ajudado o próximo, Dona Lina se dedica ao Grupo Rocinha, que existe até hoje, e a cuidar de seus familiares.

Fonte: Câmara Municipal de São José dos Pinhais

Estudantes são-joseenses iniciam calendário na rede estadual

Colégio São Cristovão, próximo do centro, é um dos maiores da cidade

Hoje (12) começa o ano letivo na rede estadual em São José dos Pinhais e as outras cidades paranaenses, sendo um atraso de praticamente um mês por conta da greve dos educadores. Os alunos, professores, pais e responsáveis participam do primeiro dia no calendário que já tem a confirmação da data de término após quase um mês de greve. Dia 23 de dezembro será o último dia de aula. 

Haverá redução nas três semanas que estavam agendadas no recesso de inverno. O período de pausa, que era de 03 a 22 de julho, será de 13 a 17 de julho. Desde a terça-feira, as unidades de ensino estão agitadas com os preparativos pedagógicos e estruturais para receberem os matriculados. 

Fonte: PautaSJP

quarta-feira, 11 de março de 2015

Lançamento da campanha de 200 mil eleitores será amanhã‏


Na noite da próxima quinta-feira (12), ocorrerá no plenário principal da Câmara Municipal o lançamento da campanha de 200 mil eleitores em São José dos Pinhais. O evento vai acontecer às 19 horas e contará com a presença dos vereadores da Casa e representantes de outras instituições do município.

Em São José dos Pinhais atualmente há 190 mil eleitores. Se o número de eleitores passar para a marca de 200 mil a representatividade da cidade aumentará e a comunidade vai poder se aproximar ainda mais da Casa Legislativa.

“Convido todos os são-joseenses a participarem desse movimento que dará maior visibilidade ao nosso município e nos incluirá entre as cidades mais importantes do estado”, diz presidente da Casa, vereador Sylvio Monteiro.

video


Fonte: Assessoria de Imprensa CMSJP

Mulheres de SJP se capacitaram quanto a Defesa Pessoal

Técnicas simples foram rapidamente assimiladas pelas participantes ontem (10)

No mês de valorização das mulheres, o Aikido Keiko Dojo São José dos Pinhais organizou, ontem (10), o I Seminário Defesa Pessoal Feminina na sede do grupo desta arte marcial tradicional japonesa que preza a não utilização da força. As técnicas de projeções, torções e alavancas foram adequadas para que as mulheres participantes ganhassem conhecimento sobre o que fazer diante de situações de crise.

“A orientação é que ninguém reaja à violência, porém, se for possível se desvencilhar de um agressor e ganhar tempo para pedir socorro existem dicas bem eficientes para mulheres de diferentes tipos de altura e peso”, explicou o sensei Lincoln Ferreira, faixa preta 4ª DAN deste Dojo são-joseense vinculado à União Sul Americana de Aikido Kawai Shihan, com sede em São Paulo, e certificado pela AIKIKAI, entidade que centraliza todos os praticantes de Aikido do mundo, com sede em Tóquio no Japão.

Entre as presentes, estava a publicitária Jaciara Carneiro que pela primeira vez teve contato com arte marcial. “Foi uma experiência nova desde que entrei pela porta da academia, a forma como o treino se desenrola e também muito interessante os movimentos de defesa que são técnicas simples e rápidas”, disse Jaciara Carneiro. 

Para a enfermeira Luciane Drapalski, as novidades vieram acompanhadas do desafio. “Uma experiência desafiadora e muito rica. No começo a gente acha que não vai conseguir e minutos depois sentimos que os movimentos dão resultado”, falou Luciane Drapalski. 

Uma década
O Aikido Keiko Dojo foi aberto em São José dos Pinhais em maio de 2005. Em janeiro, foi inaugurado o novo local de treinamento com ampliação do tatame em quase o dobro do tamanho. Além do seminário voltado às mulheres, até o fim do ano, está sendo programada uma agenda de atividades comemorativas como exposição cultural, treinos ao ar livre no Parque São José, entre outras ações. 

Fonte: PautaSJP

Cresce discussão sobre tráfego pesado na Avenida Rui Barbosa

Conexão com a BR 116 que dá acesso à 376 é feita em pista simples

São José dos Pinhais há cerca de 30 anos possui programas de incentivo para a industrialização mas sem planejar o acesso ao tráfego pesado de caminhões. A principal conexão urbana com às BRs 116, 376 e 277 é a Avenida Rui Barbosa. A via chegou a fazer parte de projeto de requalificação como parte do PAC da Mobilidade da Copa do Mundo mas devido a falta de recursos esta ação foi retirada do cronograma de obras. A cada ano, a avenida tem aumento no trânsito tendo como personagens mais de dez mil caminhoneiros de veículos emplacados na cidade, sem contar milhares de motoristas de outras cidades que disputam as ruas estreitas com os condutores de carros, motos, ciclistas, motoristas e passageiros de ônibus, e pedestres. O tema será discutido hoje de manhã (10), na Associação Comercial (Aciap).

“As restrições em estudo pelos órgãos públicos não são apenas para a Rui Barbosa mas também quanto a circulação nas ruas Almirante Alexandrino, Maringá, Castro Alves e José Claudino Barbosa. O bairro Afonso Pena está entre os dois principais pólos industriais do município e estas vias também são as principais ligações para as empresas de dentro e fora da cidade”, comenta o coordenador da Câmara Setorial dos Transportes da Aciap, Damerson Zanette.

“Convidamos aos interessados que compareçam no encontro na sede da Aciap às 9h30 de hoje e também entrem em contato conosco para buscarmos uma solução conjunta na melhoria do transporte e consequentemente para a população”, convoca Damerson. 

Em dezembro passado, os vereadores Leandro da Nifer, Professor Assis, Aílton Fenemê e Bira do Banco apresentaram proposta, que foi aprovada, de restrição de horário de circulação na Rui Barbosa de veículos com capacidade acima de sete toneladas e comprimento acima de sete metros. O objetivo, segundo eles, era de melhorar a qualidade de vida da população no que se refere à fluidez e segurança no trânsito. No dia 12 de fevereiro, devido a reclamações da classe empresarial, o projeto, que nem chegou a entrar em vigor, foi revogado na Câmara. 

Fonte: PautaSJP

terça-feira, 10 de março de 2015

Taxistas de SJP se reúnem com presidente da Câmara Municipal e vereadores.


O presidente da Câmara Municipal, vereador Sylvio Monteiro, recebeu em seu gabinete na manhã desta terça-feira (10), juntamente com os demais vereadores, o SINDITÁX representando os taxistas em São José dos Pinhais. 

Na reunião, o presidente Arnaldo Pereira, bem como os demais taxistas apresentarão os problemas com relação a “pirataria” transporte irregular de passageiros, solicitando apoio aos vereadores para inibir a prática. 

"Iremos entrar em contato com o Executivo para intermediar o diálogo e resolver este problema, que atinge tanto os profissionais quanto a própria população que se utiliza do serviço", disse o presidente Sylvio Monteiro

Fonte: Câmara Municipal de São José dos Pinhais

Atropelamento com morte na Av das Torres.




Por volta das 18:30 h de ontem (09), a Guarda Municipal foi acionada para atender um atropelamento na Av das Torres em frente a Churrascaria Los Pampas. No local com a chegada da equipe GM e posteriormente equipe do SIATE foi constatado que o homem de aproximadamente 40 anos que encontrava-se caído no meio do asfalto já encontrava-se em óbito. Segundos informações de pessoas que passavam pelo local o homem teria atravessado a rua fora da faixa de pedestres quando veio a ser atingido por um caminhão.

Fonte: GM SJP

segunda-feira, 9 de março de 2015

Escuridão de rua foi o cenário da morte de dois jovens na RMC


A escura Rua Paulo Leminski, no bairro Borda do Campo, São José dos Pinhais, entre a BR-277 e a divisa de Piraquara, foi cenário para o assassinato de dois jovens no início da noite deste domingo (8).

Neimar Ribeiro, 22 anos, que era cadeirante, e Marcos Henrique Siqueira Júnior, 17, seguiam pela rua, rumo à casa de Neimar, por volta das 18h, quando dois homens em uma motocicleta CG, de cor escura, passaram atirando.

Neimar jogou-se da cadeira e se arrastou por alguns metros até o portão de uma residência, mas foi executado com pelo menos cinco tiros. Marcos correu cerca de 40 metros, mas foi baleado nas costas e caiu perto da entrada da casa do amigo.


Segundo moradores, o adolescente agonizou cerca de 20 minutos e quando o resgate chegou, já estava sem vida. De acordo com a perícia, as duas vítimas foram assassinadas com disparos de pistola.

"Eu estava dentro de casa, vendo televisão, quando ouvi vários tiros. Sai na rua e vi a cadeira do Neimar, em seguida o corpo. Corri até Marcos e ele estava quase morto. Não aguentou até a ambulância chegar. Teve uma garota que viu os dois atiradores fugindo de moto", disse Valdemar Moreira, vizinho das vítimas.

Tráfico

Segundo policiais militares que trabalham na região, Neimar é conhecido por vender entorpecentes e já foi preso várias vezes. A última foi em 2013, quando ele foi detido pela Guarda Municipal da cidade com quase 50 pedras de crack.

De acordo com a mulher do jovem, alguns rapazes da vila estavam ameaçando-o há certo tempo. Ela também informou que o companheiro se tornou cadeirante aos 16 anos, quando foi baleado na frente da casa dele.

Fonte: Paraná Online