Publicidade

terça-feira, 26 de maio de 2015

Agência são-joseense lança 13ª edição do Guia Casamentos & Eventos inspirado nos Contos de Fadas

Tradicional guia de fornecedores de Curitiba e RMC, produzido pela Savannah, será lançado nesta quinta 

Será lançada nesta quinta-feira, dia 28, a 13ª edição do Guia Casamentos & Eventos durante o XX Salão Noiva Sul, que acontece no Centro de Eventos da FIEP, em Curitiba. A publicação, produzida pela agência Savannah, de São José dos Pinhais, é a maior do segmento em Curitiba e região e conta com dezenas de fornecedores locais, conteúdo e dicas para todos que estão organizando um evento, seja ele casamento, festa de 15 anos, bodas ou formatura. 

“Não se trata apenas de um catálogo comercial, o produto é um guia de tendências, com referências do que está em alta no mercado de festas no momento e do que estará em voga nos próximos anos”, detalha a diretora de jornalismo da Savannah, Jaqueline Gluck.

A inspiração do Guia deste ano vem dos Contos de Fadas. A magia e romantismo das princesas, que sonham com príncipes encantados e são guiadas por fadas madrinhas, permeiam as páginas da publicação desde o projeto gráfico até as reportagens. Além disso, as noivas também encontram um cronograma para ajudar no planejamento de uma festa inesquecível.

“As noivas contemporâneas buscam alternativas para que a cerimônia do casamento também seja a realização de um Conto de Fadas, adaptado às condições e ao estilo de cada uma. Por isso, cada vez mais, os noivos desejam uma festa com personalidade, o que oferece muitas oportunidades para o mercado”, explica o diretor de publicidade e design da Savannah, Lucas Baggio Viola, responsável pela escolha do tema.

A temática é ainda mais propícia quando se observa que o encanto das tradicionais histórias de princesas, como a Cinderela e a Bela Adormecida, se torna realidade nos casamentos reais como o de lady Diana e o príncipe Charles, e da atriz Grace Kelly com o príncipe de Mônaco, Rainier. Como não se lembrar do “casamento do século” de Willian e Kate Middleton, em que o mundo parou para acompanhar a união da plebeia que ultrapassou o imaginário das fábulas e se tornou princesa?

“Inspirado nessas referências, o projeto gráfico do Guia tem arabescos em barroco medieval, cores, traços e tipografia que remetem à realeza, principalmente nos tradicionais castelos que abrigavam as mocinhas dos Contos de Fadas, enquanto elas ficavam à espera do tão aguardado príncipe encantado. Já as imagens do ensaio da capa trazem um conceito editorial que mistura o clássico e o moderno de um casal que enfrenta tudo para ficar junto”, explica Baggio. 

A ideia da 13ª edição do Guia Casamentos & Eventos mostra que as princesas modernas e, ao mesmo tempo, sonhadoras e apaixonadas podem e devem fazer o casamento dos seus sonhos, independentemente de orçamentos, modismos ou tradições. Ninguém precisa de acessórios de diamantes, de uma cerimônia tradicional ou de uma festa para milhares de convidados para se sentir especial, como uma princesa, no grande dia.

Sobre o Guia
O Guia Casamento & Eventos é uma publicação da agência Savannah que tem tiragem anual de 15 mil exemplares e distribuição gratuita em cartórios de registro civil de Curitiba e Região Metropolitana e nas seguintes feiras: Salão Noiva Sul, Expo Noivas do Brasil e Tarde das Noivas. A versão online estará disponível a partir do dia 28 de maio no site www.guiacasamentoeeventos.com.br

Salão Noiva Sul
O XX Salão Noiva Sul, que será palco do lançamento do Guia, comemora 20 anos do evento nesta edição com sorteios diários para os noivos que visitarem a feira. Serão reunidos em um só espaço, mais de 100 expositores que apresentarão as principais novidades e tendências para os diversos serviços em casamentos, aniversários, formaturas e eventos corporativos. A expectativa é receber perto de 12 mil visitantes de 28 a 31 de maio, nos quatro dias de feira.

Serviço:

Lançamento da 13ª edição do Guia Casamento & Eventos 

Data: de 28 a 31 de maio no Salão Noiva Sul

Local: Centro de Eventos da FIEP (Av. Comendador Franco, 1341, Jardim Botânico – Curitiba).

Fonte: Agência Savannah

Motoristas de São José dos Pinhais atrasam saída de ônibus e abrem indicativo de greve

Os ônibus de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, saíram com atraso das garagens da empresa Viação São José, no início da manhã desta terça-feira (26). Motoristas e cobradores decidiram em assembleia por abrir um indicativo de greve pelo não cumprimento do fim da lei da dupla função para motoristas, que dirigem microônibus sem cobradores e têm a responsabilidade de cobrar a passagem.

Motoristas fizeram manifestação na garagem de empresa 

O vice-presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e região (Sindimoc), Dino César, falou que ainda não há paralisação em São José dos Pinhais. “Não tem greve ainda, mas houve o atraso devido a uma assembleia. Nós cobramos o cumprimento da lei e esperamos que isso aconteça. Se não for tomada nenhuma medida, vamos parar as atividades”, disse Dino.

A lei foi aprovada pela Câmara Municipal de São José dos Pinhais e sancionada pelo Prefeito Luiz Carlos Setim em 24 de outubro do ano passado, entrando em vigor em 21 de fevereiro deste ano. “Já se passaram sete meses que a Lei é amplamente conhecida e três meses que a Lei está em vigor, mas até agora a empresa não fez nada. Não podemos permitir que esse desrespeito continue”, afirmou o vice-presidente do Sindimoc.

A Comec, responsável pelo transporte na Região Metropolitana, ainda não se manifestou sobre o atraso na saída dos ônibus. Vários internautas e ouvintes da Banda B reclamaram da demora na chegada dos ônibus nos terminais da cidade.

Foto: Divulgação Sindimoc
Fonte: Banda B

POLICIA MILITAR ATENDE OCORRÊNCIA DA OAB


No começo da manhã de hoje, 26/05, o vice-presidente da Subseção, Jaiderson Rivarola, recebeu uma denúncia por telefone sobre um homem que se identificava como advogado e entregava cartões em frente a Agência do Trabalhador - SINE de São José dos Pinhais.

O Dr. Jaiderson foi pessoalmente verificar a situação e ao se apresentar como representante da Ordem e informar que a situação era irregular para que fosse cessada foi destratado.

“Ao perceber que ele começou a me agredir verbalmente subi as escadas que levam a recepção e bradei para que todos os presentes ouvissem, que como o advogado que lhe entrega cartão e comete infração ética contra seu órgão de classe poderia lhe prestar um bom serviço?”


“Liguei para o Comandante da 1ª CIA da PM que enviou uma viatura para prendermos o cidadão, por falsidade ideológica e anotamos os nomes dos advogados constantes dos cartões para procedimento disciplinar. Ao perceber a movimentação o cidadão fugiu do local.”

Com a presença dos Policiais Militares e do advogado Evaldo Tybucheski orientamos o gerente da agência como proceder nestes casos, pois estas pessoas prejudicam os cidadãos e toda a classe dos advogados.

A Subseção deve enviar ofício para a Comissão de Fiscalização da Seccional para tomar ciência dos fatos e fazer ações em São José dos Pinhais, como ocorreu na última semana em Curitiba.

Fonte: Diretoria da Subseção

Justiça determina que depósito de carros apreendidos da Polícia Civil, em SJP, seja esvaziado, por perigos ambientais e de Saúde. Local também é possível criadouro de dengue.

Aluguel pelo governo do Estado é uma das irregularidades, aponta MP

Um terreno que ocupa uma quadra inteira, alugado como depósito para a Polícia Civil, cheio de veículos batidos, em situação irregular e velhos é alvo do Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Meio Ambiente. A queixa foi atendida pela Vara da Fazenda Pública de São José dos Pinhais, pois a área, localizada na Rua Ângelo Moro Redeshi com a BR 376, apresenta diversas irregularidades. Do ponto de vista ambiental, o mau armazenamento oferece riscos ambientais pela proximidade das sucatas com a margem do Rio Ressaca. Quanto a Saúde, não está descartado o perigo de criadouro da dengue. A determinação direcionada ao dono do terreno é de retirada dos veículos em até 90 dias.

Segundo a ação, parte do imóvel está em Área de Preservação Permanente (APP), que não poderia ser destinada ao depósito de sucata, já que tal uso implica o lançamento de resíduos no ambiente, com consequente impacto em um curso de água existente no local, além da poluição do solo. O proprietário do terreno e o Estado do Paraná receberam, em 2014 e 2015, autos de infração ambiental emitidos pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente. Tendo em vista que nem a empresa, nem o Estado tomaram providências, a Promotoria ajuizou a ação. A multa diária é de R$ 2 mil em caso de descumprimento da decisão.

Outras irregularidades
Ainda de acordo com o Ministério Público, o aluguel do terreno envolve ainda outras irregularidades, como a assinatura do contrato de aluguel, no valor mensal de R$ 25 mil, feita pela Secretaria de Estado da Segurança Pública, em agosto de 2001, sem a autorização do governador, que seria necessária por exigência legal devido ao alto valor do aluguel. O contrato tinha duração de 12 meses e não foi prorrogado. 

Também há o fato de a empresa proprietária do terreno ter sido vendida, de modo que o aluguel continuou a ser pago à nova proprietária sem qualquer modificação ou prorrogação do contrato. A empresa que comprou o imóvel integra um grupo empresarial executado em ações de execução fiscal e cujos representantes legais são processados criminalmente por sonegação fiscal e evasão de divisas, o que constitui impedimento de contratação com o poder público. 

Fonte: PautaSJP e informações do MP-PR

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Jardim Q’Sonho foi o destino da semana para a cruzada dos 200 mil

Moradores da localidade falaram sobre a precariedade da saúde, educação, transporte e principalmente segurança


Neste último sábado (23), Sylvio Monteiro, presidente da Câmara Municipal, e a vereadora Lucia Stoco, foram ao Jardim Q’Sonho, região do bairro Borda do Campo, para mais uma reunião com os moradores.

Dentre os vários temas colocados em discussão, a ideia central do encontro girou em torno da divulgação da campanha que tem como objetivo levar São José dos Pinhais aos 200 mil eleitores. “É importante ver como a comunidade se envolve e que o número de pessoas presentes está crescendo gradativamente”, disse Sylvio Monteiro.

Representantes do vereador Leandro da Nifer e do Pastor Arno Pauls, presidente do Conselho de Pastores (CONPAS), também estiveram presentes nesse encontro. “As igrejas evangélicas da cidade estão apoiando essa campanha. O município terá mais visibilidade e reconhecimento a nível estadual e federal”, completou Fernando, representante do CONPAS.

Logo após as considerações dos vereadores, os moradores da localidade expuseram suas opiniões e falaram sobre as melhorias que o bairro necessita.

Habitantes que participaram do encontro

Moradora da localidade fazendo seu questionamento

Fonte: CMSJP

Japoneses e descendentes, mais aikidoistas, celebram a imigração entre São José dos Pinhais e Japão. Exposição no Shopping São José também traz imagens do Aikido, arte marcial tradicional que preza a não violência, porém, com extrema eficiência nas imobilizações.

Visitantes da exposição seguiram os três vivas de Banzai da Família Atsumi

No dia 07 de junho, completam-se 18 anos, desde que o imperador do Japão, Akihito, acompanhado da imperatriz Michiko, veio a São José dos Pinhais. A visita à residência da Família Atsumi foi a única na história do Brasil em que a Família Imperial esteve em uma casa de japoneses e descendentes. A cidade metropolitana e o Japão são muito mais próximos do que a distância de mais de 20 mil quilômetros. É o que propõe a exposição A Cultura Japonesa e 10 Anos do Aikido São José dos Pinhais, aberta ontem (21). A proposta inédita estará no Shopping São José (Piso L2) até 07 de junho, com entrada gratuita. 

A iniciativa também contempla o Hana Matsuri (festival japonês), painel com cães e gatos orientais e fotografias em preto e branco do Aikido Keiko Dojo São José dos Pinhais, grupo que completa uma década no município. Acompanhados dos aikidoistas, integrantes da Família Atsumi prestigiaram o coquetel de lançamento.

“Quando recebemos a Família Imperial foi um dia inesquecível e esta linda exposição mantém viva as nossas lembranças”, diz Yoshio Atsumi, que foi o responsável na época por acompanhar o casal imperial e explicar na lavoura sobre o plantio de alfaces. Com os pais e irmãos, Yoshio veio do Japão em 1959. Ele esteve na abertura ontem acompanhado da esposa, Satie Atsumi. 

“Com o tempo, fomos nos acostumando com este fato pois entramos para a história. Os representantes do Consulado do Japão falaram que a escolha da família que receberia o imperador tinha sido bem criteriosa. Se meus familiares foram escolhidos, neste caso inédito no Brasil, temos que nos orgulhar. Parabéns ao grupo de Aikido por esta importante exposição”, comenta Marcelo Atsumi, que, ao lado de irmão e primos, representa a terceira geração em São José dos Pinhais. 

“Somos praticantes do Aikido que é uma arte marcial que continua em evolução quanto ao desenvolvimento da técnica, porém, mantendo tradições dos aikidoistas do Japão. Portanto, comemorar uma década na cidade com os japoneses e descendentes tem tudo a ver com a nossa proposta cultural”, fala Lincoln Ferreira, militar da reserva, ex-boina azul da Força de Paz da ONU, e o sensei 4º DAN do Keiko Dojo. 

Contato: 9905-8962. Facebook: Keiko Dojo – Aikido, www.aikidokeikodojo.com.br, e-mail aikidosaojose@hotmail.com. 

Patrocínios Exposição Cultura Japonesa e Aikido
Vip Vet Clínica Veterinária 24h; Schultz Assessoria e Corretora de Seguros; Top Level School; Bem Estar Centro de Beleza; e Mídia Motors. Assessoria de Imprensa PautaSJP.com.

Fonte: PautaSJP

Jovem que teria vencido competição de som em carros morre ao pular em cava para comemorar

Uma tragédia durante uma competição de som automotivo no Park Ball, no bairro Cachoeira, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, terminou na morte de um jovem de aproximadamente 25 anos, no fim da tarde deste domingo (24). Ele estava com amigos e teria levado um troféu durante o campeonato, o que levou o grupo a se jogar em uma cava para comemorar. Dos três que entraram na água apenas dois voltaram.

“O evento aconteceu no parque, mas esses jovens pularam uma cerca e entraram nesta cava em uma área particular. Eles pularam em três e um não conseguiu voltar, isso era por volta das 17h. As amigas falavam que eles tinham combinado de pular se levassem o troféu. Foi muito triste, o pessoal estava inconsolável”, afirmou à Banda B uma testemunha, que não quis se identificar.

Um dos responsáveis pelo parque, que se identificou como Donato, confirmou o caso de afogamento. “Eles estavam na festa, mas não foi dentro do parque. O grupo pulou um muro e entrou nesta cava em uma propriedade particular. Eu não estava e quem me passou as informações foram os seguranças que estavam presentes”, descreveu.

O Gost (Grupo de Operações de Socorro Tático) do Corpo de Bombeiros foi acionado para realizar buscas pelo corpo, que foi localizado por volta das 20h. Ninguém da corporação confirmou a versão da testemunha, de que o jovem teria pulado para comemorar a conquista.

O corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).

Fonte: Banda B

Motociclista se perde em reta, bate violentamente contra árvore e morre na hora

Um motociclista de 40 anos se perdeu na motocicleta que pilotava, se acidentou e morreu no fim da tarde deste domingo (24), em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Renato Alves de Bastos estava em uma motocicleta CG 150 cilindradas e teria perdido o controle, antes de bater. Bastos bateu a cabeça violentamente e morreu na hora.

O acidente aconteceu na Alameda Arpo, no bairro Xingu, por volta das 17h30. Testemunhas que viram o acidente afirmaram que o motociclista não estava em alta velocidade, mas se perdeu sozinho. “Ele estava sentido BR-376 e o sinal aberto para ele. De repente ele bateu no meio fio e foi direto para a árvore. Quando a gente correu pra tentar socorrer o rapaz, já estava morto”, disse o funcionário de um parque de diversão que fica em frente ao local do acidente.

Embora estivesse de capacete, a pancada contra a árvore foi grave e Bastos morreu na hora, antes da chegada do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate). O corpo do motociclista foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.

Fonte: Banda B

Associação Comercial de São José dos Pinhais realizou noite de grandes homenagens com a premiação Dia da Indústria e São José dos Pinhais Exportador 2015

 Diretoria da Aciap com os representantes das empresas premiadas Aurora, Comporta, O Boticário e o ex-presidente da entidade, Adriano Derinievicz

A Associação Comercial, Industrial, Agrícola e Prestação de Serviço de São José dos Pinhais (Aciap) realizou na última quinta (21), às 19h, homenagem à classe industrial por meio da premiação, em duas categorias, do Dia da Indústria 2015, e também a entrega de prêmio na área de Comércio Exterior, via o SJP Exportador 2015. Completam as homenagens a premiação Troféu Associativismo. Estiveram presentes, entre mais de 250 participantes, representantes do Poder Público como o prefeito Luiz Carlos Setim, e o presidente da Junta Comercial do Paraná, Ardisson Akel, mais diretores da Aciap, convidados e familiares dos homenageados no Buffet Imperial. A palestra da noite foi com o jornalista e cineasta Arnaldo Jabor.

Neste ano, coincidentemente, as duas empresas industriais homenageadas também são exportadoras. “Somos empreendedores de tecnologia mas também de pessoas, o que nos leva a este reconhecimento, do qual temos muito orgulho. Ele é fruto de muito trabalho, esforço e dedicação”, lembrou o diretor do Grupo O Boticário, Miguel Letenski Neto, ao receber o Troféu Empreendedor – Dr. Percy Eduardo Issacson das mãos do vice-presidente da Aciap, Carlos Kotaka. O Grupo engloba as unidades ‘Eudora’, ‘Quem Disse, Berenice?’, ‘The Beauty Box’ e ‘O Boticário’. Carlos representou o presidente da Aciap, Claudemir Gibrim, que estava em viagem.

O Troféu Desenvolvimento Tecnológico – Dr. Antonio Rodrigues Gallego foi entregue à empresa Comporta, fundada em 1975 e hoje um grande nome no mercado moveleiro. “É com honra e orgulho que recebemos este troféu da Aciap, que enaltece a empresa e todos os nossos funcionários”, disse o diretor-presidente Hermes Schultz, ao lado do diretor de relações públicas da Aciap, Kleber Foggiatto.

Exportação e Associativismo


Neste ano, a homenagem da Aciap entre as empresa de destaque no mercado de Comércio Internacional é mais uma vez para a Cooperativa Central Aurora Alimentos. Ano passado, as vendas no mercado externo da Aurora se elevaram em 30% e atingiram um faturamento líquido de 1,3 bilhão de reais. “Em dois anos, duplicamos o volume de nossas exportações e temos na Aciap uma grande parceira”, afirmou o diretor da cooperativa, Rafael Paludo, ao receber a homenagem. “Este serviço é ofertado pela Aciap para diferentes países e continentes”, lembrou o coordenador da Câmara de Exportação da Aciap, Wellington Padilha, na entrega para a Aurora do Troféu Maior Emissor de Certificados de Origem.

O reconhecimento na área do Associativismo foi para o ex-presidente da Aciap, Adriano Derinievicz, premiado com o Troféu Dr. Bernardo Luiz Gapski. “No atual cenário nacional, a união das entidades é essencial para fortalecer todos os setores. O associativismo nos ajuda a fomentar o crescimento econômico da cidade”, acredita Adriano Derinievicz, que comandou a entidade no período 2012 a 2014. Derinievicz ganhou a homenagem das mãos do também ex-presidente da instituição, Júlio Canestraro.


Palestra Arnaldo Jabor


Como um dos destaques na programação, houve a palestra do escritor, diretor de cinema, jornalista e colunista da Rede Globo e Rádio CBN, Arnaldo Jabor, sobre o tema “Perspectivas do Brasil”.


Patrocínio
Federação da Indústria do Paraná (Fiep), Sicoob, Bandeira Cabal e Honda Prixx.

Apoio
Prefeitura de São José dos Pinhais, Yup Turismo e Hotel Howard Johnson.

Imagens: Vimeo Foto e Vídeo
Fonte: PautaSJP

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Dono de bar é executado em bairro de São José dos Pinhais; é o segundo crime em 12 horas


Um homem foi morto com vários tiros dentro de um bar no bairro Riacho Doce, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, por volta das 11h desta quinta-feira (21). É o segundo caso na região em menos de doze horas, o que assusta moradores.

“Não sabemos o que está acontecendo. Mataram aquele rapaz de noite, na frente da filha, e agora aconteceu isso de manhã. Precisamos de mais policiamento, a situação está perigosa aqui”, afirmou à Banda B um morador, que não quis se identificar.


Segundo informações iniciais, o homem morto nesta manhã era dono do bar, localizado na Rua Ernesto Moro Redeschi. Ele era conhecido como Pelicano.

Fonte: Banda B

Assassinos pedem para criança se esconder e, na sala, matam pai com vários tiros

Menina estava na casa no momento da execução 

Uma menina de sete anos estava em casa quando o pai, Adriano Machado de Assis, de 37 anos, conhecido como “Jacaré”, foi assassinado no começo da noite desta quarta-feira (20), em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Os assassinos pediram para ela se esconder em algum lugar, enquanto executavam Jacaré com vários tiros. A criança ficou dentro do quarto da casa até a chegada da Polícia Militar (PM).

A menina contou aos policiais militares que pelo menos três homens arrebentaram o portão e executaram o pai com vários tiros de revólver. Segundo a PM, o crime pode estar ligado a um acerto de contas, poque ele tinha passagem por tráfico.


Informações dos vizinhos da residência apontam que os autores do crime são moradores do Condomínio Serra do Mar e que a casa de Adriano era conhecida como ponto do tráfico de drogas.

A Delegacia de São José dos Pinhais investiga o caso.

Fonte: Banda B

Justiça suspende em SJP licitação para novas autorizações de táxis

Esta é a terceira intervenção da Justiça na condução da licitação de táxis

Apesar do crescimento econômico da cidade, e do Aeroporto Internacional bater recordes de usuários a cada ano, a novela envolvendo o processo de adesão de novos permissionários no serviço de táxi ganhou mais um capítulo. Nesta semana, a Justiça, por meio da Vara da Fazenda Pública da cidade, atendendo a pedido do Ministério Público (MP), suspendeu a licitação da Prefeitura na concessão de 80 licenças. A Promotoria de Justiça requereu a medida após constatar irregularidades no processo licitatório. Segundo o MP, a pontuação diferenciada em favor de antigos taxistas é ilegal.

A promotoria lembra que em fevereiro de 2012 houve licitação para novas permissões, em atendimento a ação anterior do MP para que o serviço de táxi fosse regularizado, como aconteceu em várias cidades do País. Foram concedidas 447 permissões em São José dos Pinhais. Alegando que a população estimada permitia a existência de 575 concessões, o Executivo Municipal publicou decreto mantendo, a título precário, as permissões anteriores à licitação, até que um processo complementar fosse realizado. Com isso, na prática, taxistas que não foram aceitos no processo licitatório puderam continuar atuando na cidade.

Em julho do ano passado, a Justiça determinou a cassação de 125 licenças, entre antigos e novos taxistas, ao ver irregularidades na licitação de 2012. Em paralelo, a Prefeitura conduziu nova licitação para 80 novos motoristas, medida cancelada via nova intervenção do MP. 

Enquanto Prefeitura e Ministério Público tratam do caso, os motoristas que investiram em novos carros e demais estrutura tiveram que buscar outros trabalhos. Quem tinha a licença e ficou de fora na licitação também teve que arcar com prejuízo. O PautaSJP.com está em contato com a Prefeitura para ter mais informações sobre o tema. 

Fonte: PautaSJP

Policial militar luta com assassino, mas é morto dentro de casa em escola estadual

Cabo foi morto com dois disparos de arma de fogo. 

Um cabo da Polícia Militar foi assassinado dentro de casa no bairro Afonso Pena em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, no início da noite desta terça-feira (19). Argeu Correia Souza, 35 anos, o Cabo Correia, foi morto com dois tiros. Investigação aponta que houve luta corporal antes dos disparos de arma de fogo. Não há sinal de arrombamento, o que indica que o assassino pode ser conhecido.

A crime aconteceu dentro da casa de Correia, que ficava dentro do Colégio Estadual Afonso Pena, na rua Mandirituba quase esquina com Almirante Alexandrino. Ele era o responsável por manter a segurança no local. Segundo informações da Polícia Militar, cabo Correia não tinha costume de faltar ao serviço e, como esteve ausente durante toda a terça-feira, uma equipe foi até a casa dele para saber o que tinha acontecido.

Os colegas o encontraram morto na cozinha da casa. A porta da casa não estava com sinais de arrombamento, nem as janelas danificadas. Tinha sinais de luta corporal e os ferimentos de arma de fogo atingiram o peito e a cabeça da vítima. De acordo com o subtenente Luiz do 17º Batalhão, onde o Cabo Correia também era lotado, a arma usada no crime pode ser a do próprio cabo.

“Às 17h50 fomos acionados e quando chegamos o encontramos morto. Pelo que a gente viu, o crime já tinha acontecido há horas. Ele é permissionário de uma escola estadual e cuidava aqui. Era um excelente policial, trabalhou comigo, sempre cumpriu muito bem as ordem. Chegou a informação de um homem que foi visto deixando a casa do cabo e isso vai ser investigado, até porque a arma dele não foi encontrada”, descreve.

Testemunhas afirmaram à Polícia Civil que, por volta da 1h30, viram um homem saindo da residência, possivelmente o autor do crime. Outras relataram ainda terem ouvido dos disparos de arma de fogo. O corpo do militar foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba e a Delegacia de São José dos Pinhais investiga o caso.

Fonte: Banda B

terça-feira, 19 de maio de 2015

Nesta quinta (21), Arnaldo Jabor será o palestrante do jantar da Aciap em homenagem aos industriais e profissionais do Comércio Exterior

Arnaldo Jabor tem defendido uma reorganização das instituições públicas e privadas

A Associação Comercial, Industrial, Agrícola e Prestação de Serviço de São José dos Pinhais (Aciap) realiza, no dia 21 de maio, no Buffet Imperial, às 19h, jantar para comemorar o Dia da Indústria e o São José Exportador. O evento tem a finalidade de reconhecer os valores, de premiar, de incentivar e de homenagear as empresas de sucesso no município nos últimos anos. Como um dos destaques na programação, a palestra do escritor, diretor de cinema, jornalista e colunista da Rede Globo e Rádio CBN, Arnaldo Jabor.

Um dos pontos defendidos pelo colunista é a reorganização das instituições públicas e privadas do Brasil quanto aos seus papéis na sociedade. “É uma crise de identidade que começa com as pessoas e representantes que não fazem o que devem fazer, em um processo que prejudica muito a população. É governo que não implanta programas de reforma de base, político que não faz política e só pensa em roubar, delegado que não manda prender, juiz que não dá prosseguimento aos casos apurados, ou seja, sem comprometimento temos esta bagunça em todos os níveis”, generaliza Jabor. 

Em 2006, na gestão do ex-presidente Júlio Canestraro, o jornalista marcou um dos encontros mais prestigiados na história da Associação Comercial. A explanação de Jabor, no dia 7 de junho, atraiu público de cerca de 500 pessoas da classe empresarial, da mídia local, das esferas políticas e institucionais em geral. Lideranças do empresariado em nível nacional também estiveram no evento. Com quase dez anos de sua palestra, não faltarão assuntos ao colunista para discorrer sobre o tema “Perspectivas do Brasil”.

Convites, pessoal e intransferível, a R$ 100,00 (associados) e R$ 130,00 (não associados). Apoio Prefeitura de São José dos Pinhais. Informações 3525-0801.

Fonte: PautaSJP

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Servidores não acreditam na palavra do prefeito Setim


Desde segunda-feira (02), os servidores municipais de São José dos Pinhais estão em greve. O Executivo não está atendendo inteiramente nenhum dos pontos reivindicados pela classe e a proposta de reajuste é considerada inaceitável.



A proposta oferecida pelo prefeito é de 8,34% de reposição da inflação em duas parcelas – uma para o mês de junho e outra para novembro – sendo que a categoria, em assembleia, decidiu que o valor deveria ser de 12%.

O Poder Executivo alega problemas burocráticos no que diz respeito a inclusão das educadoras e atendentes de creche no quadro do magistério. “Precisamos ter nossos direitos respeitados. Hora atividade e aposentadoria especial são benefícios que merecemos. Não importa a atual situação administrativa em que a gestão se encontra, esses são nossos direitos”, disse servidora durante manifestação.

video

A categoria pede um posicionamento efetivo por parte do chefe do Executivo, que provavelmente vê inseguro com toda essa situação - já que não está cumprindo com seus compromissos e juramentos -, e afirma que há meses os trabalhadores do município estão sendo “enrolados”. “A licença-prêmio, a regulamentação do regime de escalas e o reenquadramento das carreiras municipais são direitos do povo e o prefeito deve dar a devida atenção à essas questões”, completa Sylvio Monteiro.

terça-feira, 12 de maio de 2015

Jovens supostamente armados em parquinho de condomínio correm da polícia e um acaba morto

Um jovem foi morto pela Polícia Militar do Paraná (PM) na noite desta segunda-feira (11) dentro de um matagal, ao lado do Conjunto Serra do Mar, no bairro Riacho Doce, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. O rapaz, com cerca de 20 anos, estava com os amigos dentro do condomínio e correu para dentro de um matagal diante da abordagem da polícia. Ele foi morto com um disparo de arma de fogo e os outros dois amigos fugiram.

A PM recebeu informações, por meio de uma denúncia anônima, de que três rapazes estariam armados dentro do condomínio efetuando disparos de arma de fogo. Uma viatura da Rondas Ostensivas Táticas Móveis (Rotam) foi até o local e, antes da abordagem, segundo a PM, o trio correu em direção a um matagal, ao lado do condomínio, na rua Eucaliptos.

Durante a fuga, segundo a versão da PM, um dos jovens teria atirado contra os policiais, que revidou e o matou. Não há nenhuma informações sobre a apreensão da arma de fogo que o jovem estaria portando. De acordo com o subtenente Padilha, o jovem aparentava cerca de 20 anos. “Eles estavam efetuando tiro nesse condomínio, próximo a um parquinho. Com a chegada da polícia, eles correram e houve confronto entre os elementos e a equipe da Rotam. Um deles foi atingido e morreu”, disse o subtenente, em entrevista à Banda B.

O corpo do rapaz foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba, onde aguarda a identificação oficial. A Delegacia de São José analisa o caso.

Fonte: Banda B

Greve dos servidores de São José dos Pinhais atinge quase 80% dos serviços, diz sindicato

Greve começou nesta terça-feira e afeta serviços de São José dos Pinhais – Foto: Sinsep

Os servidores municipais de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, entraram em greve nesta terça-feira (12) por tempo indeterminado. A paralisação foi deliberada numa assembleia na sede do sindicato dos servidores (SINSEP), depois da categoria analisar a resposta do prefeito Luiz Carlos Setim sobre a pauta. Os servidores alegam que, além de não atender inteiramente nenhum dos pontos, a Prefeitura apresentou uma proposta de reajuste considerada inaceitável. A proposta salarial é de reposição da inflação (8,34%) parcelada em duas vezes (uma para junho, outra para novembro). A proposta aprovada pela categoria em assembleia é de 12%.

De acordo com o sindicato, até às 9 horas cerca de 80% dos servidores já teriam aderido à greve. “Estamos com quase 80% dos servidores parados. As Unidades de Pronto Atendimento já estão organizando escalas para emergências apenas. O movimento também afeta as escolas e os CMEIs e até o final da manhã teremos um balanço da adesão. A Guarda Municipal ficou de nos dar uma resposta sobre o movimento nas próximas horas”, diz a secretária-geral do Sinsep, Valquiria Teixeira, em entrevista à Banda B.

A Prefeitura, segundo o SINSEP, também rejeitou a possibilidade de inclusão das educadoras e atendentes de creche no quadro do magistério. O prefeito alega problemas burocráticos para realizar a inclusão. Para a categoria, os trabalhadores precisam ter seus direitos respeitados (como a hora-atividade e a aposentadoria especial). Os servidores cobram uma posição efetiva do prefeito. “Tanto o retorno da Licença Prêmio, quanto a regulamentação do regime de escalas, como também o processo de reenquadramento das carreiras municipais. São pautas urgentes que a gestão adia, marca data futura e não encaminha de modo satisfatório”, diz o sindicato em seu site.

Outro lado

A Prefeitura de São José dos Pinhais divulgou nota em que lament a decisão dos servidores de entrarem em greve e diz que mantém um canal permanente de negociação. Segue a nota na íntegra:

“A Prefeitura de São José dos Pinhais torna público que mantém permanente mesa de negociações com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sinsep) no sentido de promover os avanços e as melhorias que a categoria reivindica.

Nos anos de 2013 e 2014, os Servidores Públicos de São José dos Pinhais somam conquistas importantes, tanto na valorização salarial, quanto em benefícios e melhores condições de trabalho.

No campo salarial, tomando por base as inflações dos anos de 2013 e 2014, os servidores de São José dos Pinhais tiveram, além da reposição da inflação, ganho real de 5,82%, e também valorização no Auxilio Refeição, que no início de 2013 era de R$ 338,80 por mês e agora em 2015, conforme Proposta da Administração, esse valor será de R$ 500 – representando um reajuste de mais de 47 % em três anos.

Ainda no campo Salarial, a Administração apresentou na última reunião com o Sinsep, ocorrida no dia 8 de maio, proposta de reajuste de 8,34%, conforme os índices de inflação. A Administração Municipal de São José dos Pinhais lembra o difícil momento econômico que o Brasil atravessa, com demissões em importantes setores produtivos, queda de produção, queda no consumo e consequente queda na arrecadação nas esferas Federal, Estaduais e Municipais.

Mesmo assim, com uma gestão austera e com equilíbrio das contas, respeitando todos os índices legais de investimentos em setores como saúde e educação, a Prefeitura de São José dos Pinhais mantém a regularidade em todos os seus compromissos, incluindo o pagamento de Salários e Benefícios em dia, quando muitas prefeituras do Paraná e do Brasil estão recorrendo a empréstimos para honrar esses pagamentos.

Ainda sobre a Mesa de Negociações com o Sinsep, a Prefeitura mais uma vez lamenta a tomada de decisão de Greve, pois está cumprindo os compromissos assumidos com o Sindicato, a exemplo da implantação da Licença Prêmio, cujo projeto está sendo encaminhado ao Legislativo; regulamentação da Hora Atividade, das Escalas, do Reenquadramento e de outras pautas que estão sendo trabalhadas em conjunto com o Sindicato.

A Administração Municipal mantém o propósito das negociações e aguarda uma contraproposta do Sindicato.

A Prefeitura irá se posicionar perante a Greve decretada, uma vez que não interrompeu as negociações que estavam em curso e foi além, oferecendo Reajuste Salarial e dando sequência no atendimento das pautas sindicais.”, encerra a nota.

Fonte: Banda B

Homem é preso e adolescente apreendida com três carros roubados na RMC

Um homem foi preso e uma adolescente apreendida com carros roubados em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, na tarde desta segunda-feira (11). A ocorrência teve início na Vila Iná quando o motorista de um Ford Fusion fugiu durante uma tentativa de abordagem da Polícia Militar (PM).

Foto: Divulgação/PM

“Ele foi perseguido pela equipe e terminou detido. Nós descobrimos, então, que o veículo tinha sido furtado. No bolso da jovem que estava com o condutor, havia a chave de outro carro, um Saveiro, que foi encontrado na casa dela”, explicou o capitão Cléverson da PM em entrevista à Banda B.

Em seguida, um Palio, também roubado, foi abandonado devido ao grande fluxo de viaturas na região. “O casal foi reconhecido por uma vítima como autor do roubo. Nós suspeitamos que eles utilizavam pelo menos o Fusion para realizar esses crimes. O homem já é conhecido na região por ter participado de uma troca de tiros com a PM. Agora cabe à Polícia Civil a investigação do caso”, completou o capitão.

O rapaz foi identificado como Guilherme de Carlo Franco, de 23 anos. Com os dois, havia um revólver calibre 38. A equipe encaminhou a dupla para a Delegacia de São José dos Pinhais.

Fonte: Banda B

Áudio: Coordenadora do posto Cotia, que foi indicada pelo prefeito, insulta médica

Após toda a repercussão sobre a demissão da médica Thaís Pereira de Quadros, que foi retirada do cargo que ocupava por questões políticas referentes ao Executivo, um novo material chegou à imprensa. Um áudio gravado no último dia em que Thaís compareceu ao trabalho está sendo divulgado.

A gravação comprova que a ex-funcionária da Unidade Básica de Saúde Cotia, além de ter sido demitida sem justa causa – já que cumpria suas funções perfeitamente e não apresentava nenhum tipo de reclamação - também foi insultada com palavras de baixo calão, Ouça o áudio abaixo:



Thaís foi destituída de suas funções, pois percebia uma série de irregularidades dentro da UBS. Por não concordar com a forma como as coisas eram conduzidas foi mandada embora. A médica tem provas do que acontecia dentro da unidade e além de todas as experiências negativas que teve, ainda foi insultada e chamada de nojenta pela coordenadora.

Esse áudio é mais uma prova que deixa evidente a manipulação por parte da prefeitura e dos respectivos secretários no que diz respeito a não cumprimento de exigências necessárias nos postos. O prefeito Setim e seus aliados parecem não estar interessados em atender as necessidades do povo e da população, mas sim, utilizar um ambiente que deve tratar de saúde para tratar de necessidades próprias, conseguir votos. Um verdadeiro curral eleitoral.

Notícia relacionada: Denúncia: Médica é demitida por não concordar com atitudes erradas de sua superior na UBS Cotia

Deflagrada a greve dos servidores públicos de São José dos Pinhais


Você deve estar pensando: “De novo greve dos servidores de SJP?” 

Eu te respondo: Sim! Novamente os servidores públicos de SJP estão em greve, embora já se tenha passado 1 ano da greve anterior. 

Daí você me pergunta: “Porque greve? Eles não recebem bem ?” 

Eu te respondo outra vez: Não! Eles não são reconhecidos como deveram ser. Já o porque deles entrarem em greve eu te explico : 

Na greve passada, foram acordados (entre servidores e a prefeitura) pontos que não foram cumpridos por parte da administração. 

Desde meados do mês de abril, os servidores públicos municipais, vêm se organizando junto ao sindicato da categoria (SINSEP) e debatendo a respeito dos principais pontos a serem discutidos com a administração. Desde as primeiras reuniões já havia a possibilidade de que se não fossem atendidas as reivindicações seria decretada a greve. 

Guerra dos informativos 

Ambos os informativos foram colocados em circulação dirigida ao servidor publico no mês de Abril. 

De acordo com o informativo do SINSEP, os cinco principais itens da pauta são: Licença Premio, reajuste salarial (data base), reenquadramento e progressão, regulamentação das escalas e educadores no quadro de magistério, e a maioria já teve uma resposta negativa por parte da prefeitura 

Já, o informativo interno da prefeitura, com circulação dirigida ao servidor, a prefeitura diz que esta viabilizando estudos para cumprir os compromissos assumidos, porém, ao ler com mais atenção o informativo, os pontos são abordados de maneira superficial, não há nada de concreto e palpável. A grosso modo podemos dizer que é um informativo que serve só para ganhar tempo e dizer que a prefeitura esta fazendo alguma coisa. 

Para um melhor entendimento vamos fazer um paralelo



Proposta da pauta


Informativo da Prefeitura

Informativo do Sinsep









Licença prêmio



“ A volta da licença premio é um compromisso assumido pela administração e o projeto será encaminhado para a aprovação da Câmara de Vereadores”

“Onde está a Licença Prêmio, seu prefeito?
O próprio Setim retirou nossa Licença, na gestão anterior. Foi eleito em 2012 falando em reinstituir nossa conquista. Nas duas últimas reuniões com o SINSEP, a Prefeitura negou qualquer chance de reinstituir. Diante do indicativo de GREVE, Setim garantiu que vai enviar o projeto da Licença Prêmio para a Câmara Municipal até o dia 10 de junho. O que ele vai nos dizer, na reunião do dia 08? Cadê o projeto de Lei? E os 11 anos de Licença Prêmio perdidos, vão ficar pra trás?”










Reenquadramento



“Em recente acordo com a administração, esses 129 profissionais poderão receber reposição de 60% das progressões entre os anos de 2004 a 2012.
A prefeitura esta concluindo os estudos que visa promover, dentro da realidade econômica do município, o reenquadramento por grupos ocupacionais do funcionalismo publico municipal.”

“O reenquadramento das carreiras tem que sair!
A Prefeitura tinha negado qualquer possibilidade de reenquadramen-to. Disse que tinha um estudo de impacto financeiro que inviabilizava, mas nunca apresentou o tal estudo. A resposta era simplesmente: "não e ponto". Na reunião de quarta, Setim voltou atrás e garantiu que vai realizar o reenquadramento por categoria, gradualmente. Quando o SINSEP cobrou um cronograma, ele disse que não era possível. Nossa proposta é que não haja enquadramento por categoria. É preciso realizar o enquadramento de todas as categorias ao mesmo tempo, ainda que parceladamente. É isso que esperamos da proposta da Prefeitura!”














Regulamentação das escalas

“Após varias reuniões com as Secretarias de segurança, saúde e assistência social, qua são as principais pastas envolvidas na regulamentação das escalas, a secretaria de Administração e recursos humanos, que coordena os trabalhos, apresentou uma conclusão das informações coletadas e encaminhou ao Sinsep.
O Sindicato, por sua vez, devolveu o documento para a prefeitura, que agora analisa o conjunto de propostas apresentadas e sugeridas para então concluir as propostas mais viáveis para a implementação das escalas.
“Mesmo não havendo prazo definido, a administração esta finalizando a proposta”

“Exigimos a regulamentação do regime de escalas!
No nosso estatuto não existe regramento para o pagamento de horas extras pra servidores que trabalham em regime de escala. Você acha aceitável trabalhar sábados, domingos, feriados, pontos facultativos, sem receber hora extra? A proposta da prefeitura, em vez de garantir o direito, elimina totalmente o pagamento de horas-extras. Não aceitamos retirada de direitos! Nossa proposta é: hora extra de 50% nos sábados o nos pontos facultativos; e de 100% nos domingos e feriados, além de muitas outras coisas. O que o Setim vai dizer sobre isso, na reunião do dia 08?”









Educadores no quadro de magistério


“O Tribunal de Contas do Estado do Paraná proibiu a possibilidade de transposição de cargos em consulta realizada pela prefeitura de São José dos Pinhais, conforme consta no Acórdão 442042/14. Desta forma, por lei, não existe a possibilidade legal dos cargos de Educação Infantil – Educadores a atendentes de creche, deixar o quadro geral de servidores e deslocarem-se ao Quadro do Magistério”

“Os educadores e atendentes precisam ser incluídos no quadro do Magistério!
O Prefeito está utilizando um parecer do Tribunal de Contas do Estado para dizer que é impossível por um problema administrativo, ou seja,  como educadores sociais, não podem ser incluídos no magistério. Na assembleia de quarta passada, a categoria afirmou que os direitos dos trabalhadores precisam ser garantidos independente da forma burocrática que a Prefeitura encontre para isso. Em Pinhais, os educadores estão no quadro do Magistério, e em Curitiba recebem seus direitos (como a hora-atividade) e vão receber aposentadoria especial. O prefeito disse que quer negociar. Que proposta ele vai apresentar sexta-feira?”









Reajuste salarial
“O município de São José dos Pinhais tem tido mensalmente, desde janeiro de 2015, queda de arrecadação de R$ 10 Milhões/mês, a Administração Municipal estuda promover reajuste salarial para os servidores, assim como fez nos anos anteriores.
O reajuste salarial ainda não foi definido, pois dependem da arrecadação municipal e do índice de inflação dos últimos 12 meses.”
“E nosso salário, vamos aceitar que continue definhando?
O prefeito enrola, alega dificuldades de caixa, crise, todo tipo de desculpa pra não anunciar o aumento do nosso vencimento. Agora ele marcou a reunião da próxima  sexta justamente pra apresentar a proposta de reajuste da Prefeitura. A proposta da categoria, apresentada pelo SINSEP, é de aumento real do salário: 12%. E a dele?”


Houve reuniões nos dias : 

28 de Abril, na sede da prefeitura: o prefeito Setim participou de reunião com a direção sindical dos servidores municipais. Garantiu que dava para negociar alguns pontos da pauta. Porém nada concreto. 

29 de Abril, na sede do SINSEP: direção sindical reuniu-se com os servidores e apresentou o resultado da reunião do dia anterior com o prefeito. Devido a falta de comprometimento da administração, os servidores abriram indicativo de greve. 

07 de maio, na sede da prefeitura: o prefeito apresentou para os vereadores de São José dos Pinhais, as medidas que estariam sendo tomadas para cumprir os pontos (negociáveis) apresentadas na pauta do sindicato. 

08 de maio, na sede da prefeitura: o prefeito se reuniu com os representantes do Sinsep para a discussão da pauta de negociações. O SINSEP apresentaria as propostas em Assembléia no mesmo dia para encaminhar uma resposta posterior para a administração. 

No mesmo dia 8 de maio, as 18:00 na sede do sindicato: o SINSEP apresentou essas propostas do prefeito para os servidores públicos municipais, que não aprovaram a postura do prefeito e da Administração. Em assembléia os servidores aprovaram a greve. 


No sábado (09), o SINSEP e demais servidores públicos, se reuniram na rua XV de Novembro para uma panfletagem, o intuito dessa ação era conscientizar a população da greve, e também para pedir o apoio do cidadão de SJP, frente aos descasos que o servidor vem sofrendo. 

Resultado: dia 12 de maio inicio da greve dos servidores públicos municipais de São José dos Pinhais.